Destaques

Allianz compra primeira central solar fotovoltaica em Portugal

A Allianz associou-se ao grupo Welink para investir pela primeira vez numa central solar em Portugal. Esta está operacional, mas os parceiros já se preparam para lançar uma outra em 2019.

A Allianz acaba de investir numa central solar fotovoltaica em Ourique, no Alentejo. É o primeiro projecto que a seguradora faz nesta área em território nacional, e também o primeiro do país a avançar sem tarifas públicas subsidiadas.

A central recebeu o nome de Ourika e tem uma capacidade instalada de 46 megawatts, produzindo energia suficiente para abastecer 23 mil lares por ano. Esta já se encontra "totalmente operacional", avança a empresa em comunicado.

A Allianz lança-se neste projecto em parceria com o grupo Welink, que desenvolveu a central.

A Ourika tem um contrato de compra de energia de preço fixo (PPA) de 20 anos, com preços garantidos. Apesar de não contar com qualquer tarifa garantida suportada pelos contribuintes, a central depende do Acordo de Compra de Energia.

Barry O’Neill, CEO do Grupo WElink, acrescenta que "Ourika é o primeiro projecto do programa de investimento da Welink juntamente com o parceiro China Triumph International Engineering Company (CTIEC) em mercados chave no sul da Europa", mas o grupo já se prepara para novos desafios em terras lusas: "a Ourika será seguida pelo projecto Solara4 em Portugal, que deverá ficar concluído no terceiro trimestre de 2019".

A central Solara4 já está a ser construída desde 2017 em Alcoutim, distrito de Faro, altura em que foi avançada a dimensão da capacidade instalada planeada: 220 megawatts/pico (MWp). Nesse ano, a CTIEC assumiu querer atingir um gigawatt de potência em investimentos desta área em Portugal. A empresa chinesa entra na área da energia em território nacional, depois das também chinesas State Grid e China Three Gorges terem investido na REN e na EDP, respectivamente.

A mesma vontade de alargar o investimento é manifetada pela Allianz, na nota à imprensa enviada acerca da central de Ourika. A seguradora sublinha o peso da área das renováveis no respectivo portefólio, que já conta 90 centrais solares e eólicas espalhadas pela Europa e Estados Unidos.

"Esperamos investir em mais projectos solares sem subsídios em vários mercados europeus no futuro, e aguardamos por mais parcerias com a Welink e outras empresas especializadas neste sector", refere Marc Groves-Raines, responsável pela área de Energias Renováveis na Allianz Capital Partners, no comunicado.

IN: Negócios Online (26 outubro 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Monday the 19th. TESTE