Destaques

Bruxelas ensina a poupar 20% na energia em seis simples passos

Utilizar menos energia não só poupa dinheiro como contribui para um ambiente melhor ajuda as famílias a ficarem mais confortáveis. As dicas da Comissão Europeia poderão ajudar as casas a manterem-se quentes no inverno e frescas no verão (e a gastar menos).

A Comissão Europeia lançou uma iniciativa informativa com foco na eficiência energética, que andará por Lisboa e Porto nos próximos dias para ensinar os portugueses a pouparem na fatura da energia. O projeto, que já passou pela República Chega, Roménia e Grécia, tem como moto: “Gaste menos em energia e mais em si!”.

“É um facto – os preços têm vindo a aumentar mais rapidamente que os salários (o que já acontece há algum tempo). É provável que gaste entre 5% e 6% do seu rendimento familiar em eletricidade e aquecimento. Não preferia antes gastar noutras coisas (maior conforto em casa, jantar fora, hobbies…)?”, questiona o prospeto da iniciativa europeia.

Uma parte fundamental é o roadshow que inclui um atrelado com atividades interativas, que estará em Lisboa, entre 27 de setembro e 1 de outubro, e no Porto, de 4 a 8 de outubro. Mas conta com outras valências, incluindo conselhos para os consumidores.

“Ao utilizar menos energia não só poupará dinheiro como estará a contribuir para um ambiente melhor. E poderá ficar mais confortável. As nossas dicas irão ajudá-lo a manter-se quente no inverno e fresco no verão, e a gastar menos. Aqui tem as nossas seis dicas para começar”, refere, explicando que os seis conselhos poderão levar a uma poupança de até 20% na fatura, dependendo de fatores como a quantidade de aquecimento normalmente usado e a eficiência dos eletrómicos.

As seis dicas são:

1. evite o modo standby para poupar até 50 euros por ano: se desligar os equipamentos poderá reduzir os seus de eletricidade;

2. abra o forno apenas quando necessário: cada vez que abre o forno, gasta 20% do calor e energia;

3. seja cuidadoso com o ar condicionado: por cada grau centígrado que reduzir na temperatura ambiente está a aumentar o consumo de eletricidade em 11%;

4. desobstrua os radiadores para reduzir os seus custos de aquecimento até 20%: se obstruir os seus radiadores com roupas ou outros objetos, impede que o calor circule de forma natural, enquanto se desimpedir os radiadores poderá aquecer-se mais com menos;

5. instale ventiladores de teto: os ventiladores de teto podem ajudá-lo a sentir-se até 5 graus mais fresco e utilizam muito menos eletricidade do que o ar condicionado; e

6. escolha cuidadosamente os equipamentos para economizar o seu uso de energia até 60%: quando for comprar um novo equipamento confirme a etiqueta de energia EU porque os equipamentos mais bem cotados podem ser até 60% mais eficientes.

O objetivo desta campanha é motivar pequenas mudanças de hábitos e comportamentos, contando para isso com vários parceiros a nível nacional, incluindo a ADENE – Agência para Energia, a Associação das Agências de Energia e Ambiente (RNAE) ou a DECO – Associação de Defesa do Consumidor.

IN: Jornal Económico (28 setembro 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Saturday the 15th. TESTE