Destaques

EDP Renováveis vai fornecer energia eólica ao Facebook

A EDP Renováveis vai fornecer energia eólica nos Estados Unidos ao Facebook, anunciou esta quinta-feira a empresa liderada por Manso Neto.

A EDP Renováveis (EDPR) vai fornecer energia eólica nos Estados Unidos ao Facebook, anunciou esta quinta-feira a empresa liderada por Manso Neto. O contrato com a empresa de Mark Zuckerberg levou a EDPR a superar as metas de reforço de capacidade de energia eólica previstas para 2020.

De acordo com o comunicado, a empresa, através da filial EDP Renewables North America, assinou um contrato de compra e venda de energia eléctrica (PPA) de 139 Megawatts (MW) a 15 anos com o Facebook.

A energia vendida à empresa de Mark Zuckerberg será produzida no Parque Eólico Headwaters II em Randolph County, no Indiana, que será construído em 2020. O novo parque terá uma capacidade de produção de 200 MW e irá "produzir energia limpa suficiente para alimentar o equivalente a mais de 52.000 casas por ano", assinala a EDP Renováveis.

"O Facebook está empenhado na procura de novos projectos de energias renováveis na mesma rede eléctrica para todas as nossas instalações", afirma Bobby Hollis, diretor de Energia Global do Facebook, citado no comunicado. "Estamos empolgados com esta parceria com a EDP Renováveis para nos ajudar a cumprir as nossas metas de sustentabilidade na região", acrescenta.

"É com agrado que a EDP Renováveis está a trabalhar com o Facebook para o ajudar a cumprir as suas metas de sustentabilidade de contratação de energia renovável para apoiar as suas operações", refere, por seu turno, o presidente executivo da empresa portuguesa, João Manso Neto.

"O Indiana há muito que é um mercado crucial para a EDP Renováveis", sublinha Miguel Prado, presidente executivo da EDP Renewables North America.

Este PPA com o Facebook permitiu à EDP Renováveis alcançar já este ano a meta de adições de capacidade de energia eólica prevista para o período 2016-2020, superando o objectivo de 3,5 GW.

A empresa explora actualmente 801 MW em projectos de energia eólica no Indiana, e vai superar 1 GW de capacidade operacional em finais de 2018. A EDPR vai continuar a alargar o seu portefólio de energia renovável neste Estado durante os próximos anos, prevendo ter mais dois parques operacionais em 2020 e 2022.

IN: Negócios Online (2 agosto 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Tuesday the 23rd. TESTE