Destaques

Dia do Ambiente: se a população mundial fosse toda portuguesa seriam preciso 2,3 planetas para sustentá-la

Dados da associação ambientalista Zero mostram que se cada pessoa no Planeta Terra vivesse como uma pessoa média portuguesa, a humanidade necessitaria de 2,3 planetas para ser autossuficiente.”

Portugal é um dos países à escala global que é, há já alguns anos, deficitário na capacidade de sustentar as necessidade de recursos dos consumidores. Dados da associação ambientalista Zero mostram que se cada pessoa no Planeta Terra vivesse como uma pessoa média portuguesa, a humanidade necessitaria de 2,3 planetas para ser autossuficiente.

Um estudo da Zero indica que a nossa pegada per capita é de 3,9 hectares globais. O número é sobretudo alarmante se tivermos em conta que a nossa biocapacidade é de (apenas) 1,5 hectares globais, o que significa que a nossa pegada ecológica excede em 160% a nossa biocapacidade. O último ano em que Portugal conseguiu viver com o orçamento natural anual foi em 1970. Desde então, temos estado a usar o nosso “cartão de crédito ambiental”.

Pior do que Portugal, está Espanha (190%), a Itália (330%) a Holanda (350%) ou a Bélgica (530%). Já a Suécia e a Finlândia são na Europa os países mais ativos em termos de biocapacidade (4% e 10%, respetivamente).

No dia em que se comemora o Dia Mundial do Ambiente, a Zero lembra que “num mundo onde persiste uma enorme desigualdade em termos de distribuição de rendimentos e acesso a recursos naturais, estes dados devem-nos fazer refletir a absoluta necessidade de se produzir e consumir de forma muito diferente”. “O Planeta é a fonte de tudo o que necessitamos para viver enquanto espécie”, sublinha.

IN: Económico (5 junho 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Tuesday the 23rd. TESTE