Destaques

Portugal vai ajudar a criar o “Passaporte” de edifícios

Portugal é, juntamente com Bulgária e Polónia, um dos países onde será implementado o projecto piloto IBRoad, uma iniciativa financiada pelo programa Horizonte 2020 e que pretende fornecer de forma clara, aos proprietários dos edifícios, as medidas de reabilitação necessárias e precisas para melhorar a eficiência energética dos imóveis.

O IBRoad foi desenvolvido para edifícios residenciais e, de forma simples, tem como objectivo elaborar um “Passaporte” do edifício, no qual serão colocadas todas as informações, desde o plano individual para a reabilitação do imóvel, até ao consumo energético e a sua produção, a manutenção desenvolvida ao longo do tempo e todos os seus projectos.

Neste âmbito, foi, entretanto, elaborado um relatório, com base em inquéritos efetuados em Portugal, cujas conclusões já são conhecidas, com resultados que permitem definir os perfis dos consumidores e as suas necessidades, preferências e a confiança que depositam nos países que vão testar o projecto.

Segundos os dados apurados, em Portugal, 51 % dos entrevistados está mais preocupado com o aquecimento e o conforto da sua habitação do que com a poupança e eficiência energética. Ainda de acordo com o relatório, 47 % dos inquiridos iria procurar as indicações do Certificado Energético, em caso de renovação e reabilitação, e 49 % pensa que os clientes deverão ter acesso a toda a informação disponibilizada no “passaporte”. Na Bulgária, por sua vez, 83 % dos inquiridos acredita que conseguirá reduzir o consumo de energia através de obras de reabilitação e para 92 % dos participantes a eficiência energética será um factor determinante na hora de escolher uma habitação. No entanto, apenas 9 % acredita nas medidas de renovação do Certificado Energético. Já na Polónia, 84 % respondeu que planeia utilizar as poupanças para financiar as renovações e 44 % dos participantes no inquérito está interessado num “passaporte” nos quais sejam colocadas todas as informações habitação que possuem, ou que planeiam comprar, mas mostram reticências em pagar por esse documento. Ainda na Polónia, 71 % admitiu que fez obras de reabilitação nos últimos cinco anos.

O projecto IBRoad pretende ser um programa para suprimir as barreiras que, muitas vezes, são inerentes às renovações profundas, oferecendo um plano para a reabilitação de moradias unifamiliares. A ferramenta tem um horizonte dez a 20 anos e terá em conta diversos factores, como as necessidades específicas e a situação particular dos ocupantes do imóvel, como a idade, a situação financeira, o número de habitantes, actuais e futuros, garantindo, desta forma, um plano com visão de futuro.

IN: Edifícios e Energia (20 abril 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Friday the 21st. TESTE