Destaques

Efacec escolhida pela Electrify America para carregar carros eléctricos nos Estados Unidos

A Efacec foi escolhida pela Electrify America para integrar o grupo de fornecedores de equipamentos de carregamento ultra-rápido para veículos eléctricos, área em que a empresa portuguesa, que é controlada pela angolana Isabel dos Santos, se apresenta como líder mundial.

Pioneira na área da mobilidade eléctrica e apresentando-se como líder mundial de carregadores rápidos e ultra-rápidos para veículos eléctricos, a Efacec ganhou nos Estados Unidos um negócio que vai reforçar a sua posição no mercado global, ao ser escolhida para participar numa das "iniciativas mais importantes a nível mundial na área da mobilidade eléctrica".

A empresa portuguesa foi seleccionada pela Electrify America para integrar o grupo restrito de fornecedores de equipamentos de carregamento ultra-rápido para veículos eléctricos que serão responsáveis pela entrega de um volume superior a dois mil equipamentos a instalar em 484 localizações nos Estados Unidos, avança a Efacec, em comunicado.

Na primeira fase do projecto, a empresa controlada pela empresária angolana será responsável pela entrega de 300 estações de carregamento.

"Este projecto usará o primeiro carregador rápido com potência de 350kW DC com cabo refrigerado certificado, que fornecerá velocidade de carregamento até 30km por minuto, sete vezes mais rápido que os actuais carregadores de 50kW DC", realça a Efacec.

"A Efacec vai ajudar-nos a fornecer tecnologia de carregamento ultra-rápida, adequada e eficiente para os veículos eléctricos de hoje e para as maiores baterias a serem lançadas no mercado num futuro muito próximo", enfatizou Cliff Fietzek, director de Tecnologia da Electrify America.

Já João Paulo Pinto, membro do Conselho Executivo da Efacec, sublinhou que "a razão pela qual a Efacec está entre o grupo exclusivo de marcas escolhidas para realizar este projecto ambicioso é a mesma pela qual está presente nos maiores e mais exigentes mercados de mobilidade eléctrica do mundo – inovação tecnológica, capacidade de entrega e compromisso." Mas não divulgou o valor do negócio para a companhia portuguesa.

No mesmo comunicado, lê-se que que "todos os aspectos do sistema de carregamento, da tecnologia ao design, são realizados pela Efacec, incluindo a gestão operacional nos Estados Unidos, que será fornecida pela Efacec USA, Inc."

A Efacec, que inaugurou em Fevereiro passado as suas novas instalações industriais dedicadas à mobilidade eléctrica, localizadas na Maia, adianta que a Electrify America iniciará a instalação das estações de carregamento ultra-rápido a partir desta Primavera "com o objectivo de ter todas as estações em operação ou em construção em 17 áreas metropolitanas e em auto-estradas em 39 estados norte-americanos no Verão de 2019".

As estações serão localizadas em locais de carregamento de veículos eléctricos, com acesso a áreas comerciais, restauração, estacionamento e outras infra-estruturas de conveniência.

Com sede em Reston, na Virgínia, a Electrify America pretende investir dois mil milhões de dólares (1,6 mil milhões de euros) ao longo de 10 anos em infra-estruturas, formação e acesso a veículos com emissão zero de carbono.

IN: Jornal Económico (18 abril 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Friday the 17th. TESTE