Destaques

Fundos EEA Grants apoiaram projetos de 53 milhões de euros em Portugal em cinco anos

Dos projetos apoiados destacam-se a aquisição de um navio PD (sistema de posicionamento dinâmico) e equipamento do mesmo com sistemas para investigação marinha e a construção de uma central geotérmica na Ilha Terceira, que assegurou a substituição de mais de 10% da produção de energia a partir de combustíveis fósseis.

Os Fundos EEA Grants apoiaram 212 projetos em Portugal ligados às áreas programáticas da gestão marinha e costeira, saúde pública, adaptação às alterações climáticas, energias renováveis, sociedade civil, igualdade de género, cultura e artes. Estes fundos inserem-se no quarto Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (MFEFE), que beneficiou Portugal de um financiamento global de 53 milhões de euros entre 2009 e 2014.

“Através dos fundos EEA Grants, a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega contribuem para reduzir as disparidades sociais e económicas e reforçar as relações bilaterais com os países beneficiários na Europa ultrapassando desta forma, a dimensão de uma simples união aduaneira de acesso ao Mercado Único Europeu dos países da EFTA”, explica um comunicado da Unidade Nacional de Gestão do EEA Grants.

Segundo esse comunicado, “dos 212 projetos contratados, 62 tiveram um ou mais parceiros dos países doadores demonstrando a estreita cooperação entre as entidades institucionais dos Estados doadores e portuguesas”.

Dos projetos apoiados destacam-se a aquisição de um navio PD (sistema de posicionamento dinâmico) e equipamento do mesmo com sistemas para investigação marinha e a construção de uma central geotérmica na Ilha Terceira, que assegurou a substituição de mais de 10% da produção de energia a partir de combustíveis fósseis.

O evento de encerramento decorrerá hoje, dia 20 de abril, pelas 10 horas, no Museu Nacional dos Coches, e contará, entre outras, com as intervenções de Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas; Nelson de Souza, secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão; Anders Erdal, Embaixador da Noruega em Lisboa; Hrund Hafsteinsdóttir, conselheira do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Islândia; e Susana Ramos, coordenadora da Unidade Nacional de Gestão dos EEA Grants Portugal.

IN: Jornal Económico (19 abril 2018)

FreshJoomlaTemplates.com
Sunday the 19th. TESTE