Destaques

Microsoft compra fornecimento de energia eólica para os próximos 15 anos

A empresa tem planos para alimentar todos os seus centros de dados com energias renováveis. Este acordo, no entanto, prevê também um projeto de investigação em parceria com a GE para encontrar formas mais eficientes de armazenar eletricidade.

A Microsoft anunciou esta terça-feira que chegou a acordo com a General Electric (GE) para a aquisição de toda a energia elétrica que a empresa produzir ao longo dos próximos 15 anos no parque eólico de Tullahennel, na Irlanda.

O negócio, no entanto, não tem apenas o intuito de garantir energia verde. Como a GE anunciou em comunicado, ambas as empresas vão dedicar-se à investigação dos dados gerados pelos equipamentos deste parque para que possa ser criada uma forma mais eficiente de armazenar e redistribuir energia.

O objetivo principal deste projeto é desenvolver uma bateria que seja capaz de aproveitar o excesso de energia produzido por cada turbina, transportando-o para a rede elétrica irlandesa em vez de o deixar perder-se no desperdício.

Com este acordo, a Microsoft vai também conseguir alimentar alguns dos seus data centers localizados no país.

"Este acordo vai ajudar a trazer energia limpa à rede irlandesa, mas os seus elementos inovadores têm também o potencial para aumentar a capacidade e a fiabilidade da rede elétrica [da Irlanda]. Isto vai facilitar a integração de novas fontes de energia limpa, como a eólica, e isso é bom para o meio ambiente, para a Irlanda e para a nossa empresa", comentou, em comunicado, Chritian Belady, um dos gerente dos centros de dados da Microsoft.

Com este negócio, a Microsoft deverá garantir a exploração de cerca de 37 megawatts ao longo dos próximos 15 anos. A gigante norte-americana anuncia, no entanto, que tem planos para comprar cerca de 600 megawatts em diferentes pontos do mundo, de forma a assegurar o fornecimento de energia a todos os seus centros de dados.

IN: Sapo TEK (10 outubro 2017)

FreshJoomlaTemplates.com
Monday the 23rd. TESTE