Destaques

Projectos marcam arranque da ADENE no sector da água

A ADENE – Agência para a Energia acaba de lançar dois projectos para a promoção da eficiência hídrica em Portugal, sem esquecer a energia e a ligação aos profissionais do sector dos edifícios . As iniciativas contam com o apoio do ministério do Ambiente e assinalam o arranque da actuação da entidade no sector da água.

Um dos projectos previstos está já em curso desde Setembro. Trata-se do WATTer Skills – Water Efficiency and Water-Energu Nexus in Building Construction and Retrofit, uma parceria estratégica para a qualificação de peritos de eficiência hídrica, aprovada e cofinanciada pelo programa europeu ERASMUS+. Em parceria com entidades de três países europeus (FLC – Fundacion Laboral de la Construcción em Espanha, FORMEDIL – Ente Nazionale per la Formazione e l’Addestramento Professionale nell’Edilizia em Itália e CRES – Agência Nacional de Energia da Grécia), pretende-se, até Agosto de 2020, a criação de um quadro comum, nacional e europeu para a capacitação, qualificação profissional e mobilidade europeia de Peritos e Técnicos de Eficiência Hídrica nos edifícios. Com isto, espera-se fomentar a criação de novas profissões e empregos que permitam a mobilidade e empregabilidade no mercado europeu.

No quadro nacional, a iniciativa é, para a ADENE, a antecipação da resposta “às necessidades de actualização e qualificação de técnicos dos sectores da construção, reabilitação urbana e redes prediais”. Espera-se que os profissionais possam ficar, assim, qualificados para as novas exigências legais, soluções tecnológicas e oportunidades neste sector.

No âmbito do WATTer Skills, as entidades portuguesas envolvidas no Conselho Consultivo – a ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos), a ANQIP (Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais), a APA (Agência Portuguesa do Ambiente) e a ANQEP (Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional) – reúnem-se no início desta semana.

A actuação da ADENE não se vai ficar pelos técnicos e o segundo projecto tem como missão promover a educação, sensibilização e acção para a eficiência hídrica e nexus água-energia, com vista à alteração de comportamentos dos utilizadores de água em meio urbano, em especial nos edifícios, onde o potencial de poupança hídrica chega aos 30 %. O AX Aqua eXperience conta com a parceria da EPAL - Empresa Portuguesa das Águas Livres, SA, e é cofinanciado pelo Fundo Ambiental.

Como objectivo, a Agência para a Energia quer “contribuir com a sua experiência para alavancar a mudança de comportamentos e a adopção de soluções inovadoras para a eficiência hídrica nos diversos sectores, em particular no sector urbano e nos edifícios”, explica o comunicado.

Recorde-se que este está a ser um ano particularmente difícil para Portugal, uma vez que 80 % do país se encontra, neste momento, em seca severa, o que, para além do risco de falta de água, significa também uma influência negativa na produção de electricidade de origem renovável no mix energético nacional.

IN: Edifícios e Energia (9 outubro 2017)

FreshJoomlaTemplates.com
Monday the 23rd. TESTE