Destaques

EasyJet diz que poderá ter aviões elétricos dentro de uma década

A companhia britânica de baixo custo tenciona passar a utilizar os aviões elétricos para os voos de curta distância.

A EasyJet anunciou esta quarta-feira que tenciona ter aviões elétricos a efetuar voos de curta distância dentro de uma década.

A companhia britânica de baixo custo estabeleceu uma parceria com a norte-americana Wright Electric, que está a desenvolver as baterias para aviões. A Wright Eletric está a trabalhar com diversas transportadoras aéreas de diversas partes do mundo e indica que os aviões elétricos vão ser 50% mais silenciosos e 10% mais baratos nos custos de aquisição e de funcionamento.

“Pela primeira vez na minha carreira, eu antevejo um futuro sem jatos a combustível e estamos muito entusiasmados por fazer parte disso”, afirmou a diretora da EasyJet, Carolyn McCall. “Agora, é mais uma questão de quando, e não de se, um avião elétrico de curta distância irá voar”, acrescentou.

Rotas como Londres/Paris e Edimburgo/Bristol devem figurar entre as primeiras a ser efetuadas por aviões elétricos da companhia área. Dentro de 20 anos, a EasyJet tenciona que todos os seus voos de curta distância sejam efetuados por aviões elétricos.

IN: Expresso (27 setembro 2017)

FreshJoomlaTemplates.com
Monday the 23rd. TESTE