Destaques

Leiria prepara plano para enfrentar alterações climáticas

A comunidade científica e mesmo os actores locais parecem não ter dúvidas de que os fenómenos extremos vão aumentar em Leiria, como ondas de calor, cheias, ou a subida do nível do mar. Que medidas vai a Câmara Municipal adoptar para, mais do que mitigar, adaptar o concelho a esta nova realidade é a pergunta que o Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Leiria pretende responder.

Os primeiros passos já foram dados. Durante dois anos, uma equipa da Câmara de Leiria elaborou a Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas, no âmbito do projecto ClimAdaPT.Local, que está disponível para consulta, juntamente com as estratégias de outros 26 municípios. Em Fevereiro deste ano, a Assembleia Municipal de Leiria aprovou o plano e, até ao final do ano, deverá estar composto o Conselho Local de Adaptação de Leiria, um órgão colegial, de natureza consultiva, composto por diversas entidades de várias áreas temáticas.

Cumpridas todas as formalidades, é necessário encontrar um caminho que conduza à preparação do concelho para enfrentar as alterações climáticas. Perante a premissa de que “existirá sempre um aumento da temperatura global”. António Lopes, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, opta por centrar a sua atenção nas projecções climatéricas para Leiria e nas metodologias que podem ser aplicadas no concelho, tendo em conta o “metabolismo urbano”.

IN: Diário de Leiria (5 julho 2017)

FreshJoomlaTemplates.com
Tuesday the 26th. TESTE